Barnböcker från Brasillien

David, Christian
Gaivota, 30 pgs.
Amado, Jorge Leya, 101 pgs.
Vasconcelos, José Mauro de
Fábula, 218 pgs
.
Tavano, Silvania
Moderna,120 pgs.
Lindgren, Astrid & Nyman, Ingrid Originaltitel: Känner du Pippi Långstrump Companhia das Letrinhas, 27x21 cm. Quando “Píppi Meialonga” chega na Vila Vilekula, os irmãos Tom e Aninha ficam bastante felizes, pois queriam muito uma nova amiga. E eles têm uma grande surpresa ao descobrir que Píppi é uma menina diferente de qualquer outra: ela é tão forte que consegue carregar um cavalo sozinha e tão habilidosa que, ao mesmo tempo em que faz tranças no cabelo, amarra os sapatos — e, quando vai ao circo, ainda se equilibra em um arame na frente de todos! É claro que, com tanto talento, os três vão viver as mais divertidas aventuras.
Lindgren, Astrid Originaltitel: Pippi Långstrump i Söderhavet Companhia das letrinhas, 141 pgs. Píppi Meialonga, a menina de tranças ruivas espetadas e rosto sardento, é a pessoa mais famosa de sua pequena cidade, a tal ponto que sua casa, chamada Vila Vilekula, apesar de estar caindo aos pedaços, transformou-se em ponto turístico, ao lado do Museu de Arte Popular e do Túmulo Viking.A fama de Píppi vem de sua força extraordinária - ela carrega até seu cavalo nos ombros - e de seu desdém pelo mundo dos adultos. Ela é uma menina "impossível", sempre com uma resposta na ponta da língua e uma inabalável confiança em si mesma. Em Nos mares do Sul, tão logo a histórica começa, ela põe para correr um "senhor distinto", que pensa em comprar a Vila Vilekula. Depois, ela desanda a falar e inventar histórias (uma de suas especialidades) para curar o nervosismo de uma senhora idosa, e ataca um de seus alvos preferidos - a escola - com sua metralhadora verbal e irônica.Píppi recebe então uma carta do pai, o rei dos canibais da ilha de Currecurredutina, em que ele anuncia que vem buscá-la para conhecer seus domínios. Acompanhada pelos amigos Tom e Aninha - as crianças "normais" que a adoram - Píppi embarca numa aventura rumo ao paraíso tropical do sul do Pacífico.
Lindgren, Astrid Originaltitel: Pippi Långstrump går ombord Companhia das letrinhas, 157 pgs. Com seu coração de ouro, suas tranças espetadas e as sardas que ela não troca por nada deste mundo, Píppi mora numa cidade muito, mas muito pequena, acompanhada de seu cavalo e do sr. Nilson, um macaquinho. Agora, uma visita de seu pai, o ex-pirata Efraim Meialonga, poderá alterar toda a sua vida. O capitão adora a filha e gostaria de levá-la para a distante ilha onde ele se tornou o rei dos canibais. Píppi também o adora, mas será que vai acompanhá-lo? Será que vai deixar para trás seus amigos Tom e Aninha? A resposta está no final do livro. Até lá, serão páginas e páginas de convívio com uma menina que é pura alegria.
Lindgren, Astrid & Wikland, Ilon Originaltitel: Karlsson på taket Companhia das Letrinhas, 175 pgs. Lillebror queria muito ganhar um cachorrinho Mas em vez disso acabou ganhando um amigo muito peculiar que chegou voando pela janela Karlsson um morador do telhado de seu predio Karlsson e um homenzinho muito confiante Apesar de criar varias confusoes ele nao perde a pose e acha que e o melhor do mundo em tudo E para Lillebror sem duvida ele e o melhor companheiro de brincadeiras Os dois vivem aventuras no telhado fazem shows de magica se disfarcam de fantasma e brincam ate de mamae e filhinho Mas sera que essa figura tao particular existe mesmo Ou Karlsson e fruto da imaginacao de Lillebror.
Lindgren, Astrid & Ross, Tony Originaltitel: Emil i Lönneberga Companhia das Letrinhas, 87 pgs. Era uma vez um garotinho de cinco anos de idade, loiro, de olhos azuis e bochechas redondas - a imagem de um perfeito anjinho. Mas, se fosse assim tão bem-comportado, um livro sobre sua vida seria um pouco... chato. Acontece que Emil é exatamente o contrário: se não faz suas próprias travessuras, alguma coisa sempre acontece com ele. Emil mora em uma fazenda chamada Katthult, na Suécia, com os pais, Alma e Anton, a irmã mais nova, Ida, e dois empregados, Alfred e Lina. Os cinco são as grandes vítimas do menino, pois Emil não para quieto: belisca a irmã, corre atrás do gato, derruba o creme do café, engole uma moeda, come a árvore de Natal... E, quando faz das suas, vai direto para o depósito de ferramentas, onde deveria pensar no que aprontou. Mas, cada vez que fica lá Emil aproveita para entalhar um boneco de madeira, e ele já está no boneco número cinquenta e cinco... Em Emil e a grande fuga, os leitores vão acompanhar três dias na vida do menino e descobrir como ele ficou preso numa sopeira, içou a irmãzinha no mastro da bandeira, comeu toda a comida dos convidados de sua mãe e roubou uma velha égua da fazenda para ir a uma festa.
Lindgren, Astrid Originaltitel: Pippi Långstrump Companhia das letrinhas, 156 pgs. Autora de mais de oitenta livros já traduzidos para mais de setenta línguas, a sueca Astrid Lindgren escreveu Píppi Meialonga em 1945, como presente para os dez anos de sua filha. Píppi é uma menina de nove anos incrivelmente forte. Não tem pai nem mãe e mora sozinha, mas feliz da vida. Seus companheiros são um cavalo e um macaquinho. Ela mesma faz suas roupas - bem esquisitas - e sua comida - biscoitos, panquecas e sanduíches. Destemida e sapeca, lembra a Emília do Sítio do Pica-Pau Amarelo. Píppi tem sempre uma resposta na ponta da língua e demonstra grande confiança em si mesma. Dá uma surra em cinco meninos brigões, engana os policiais que querem levá-la para um lar de crianças, põe dois ladrões a correr e enfrenta um touro a unha. Nada convencional, causa espanto e confusão por onde passa, seja na escola, no circo ou na casa de seus vizinhos. É, enfim, uma menina que realiza sonhos de liberdade e aventura. Absolutamente encantadora.
Lindgren, Astrid & Ingrid Vang Nyman Relógio D'Água Editores, 108 pgs. Originaltitel: Pippi Långstrump i Söderhavet
Braz, Júlio Emílio Bertrand Brasil, 80 pgs. Lendas Da África consegue representar muito bem a mistura de aventura com humor e as lições de sabedoria características desse folclore. Braz, um escritor e pesquisador que sempre está em sintonia com os jovens, mostra que a África fica muito mais perto do que podemos imaginar. A sua cultura milenar foi uma das principais bases da sociedade brasileira e continua presente no sangue de cada um de nós. Como diz um provérbio africano, "uma boa árvore é aquela que se lembra da semente que a gerou". Lendas da África nos leva a uma época mágica em que os animais se confrontavam tanto através de brigas quanto de discussões inteligentes e divertidas.
Marchetta, Melina Seguinte - 293 pgs. A pequena cidade de Jellicoe, na Austrália, vive uma guerra territorial travada entre três grupos: os estudantes do internato, os adolescentes da cidade e os alunos de uma escola militar que acampa na região uma vez por ano. Taylor é líder de um dos dormitórios do internato e foi escolhida para representar seus colegas nessa disputa. Mas a garota não precisa apenas liderar negociações: ela vai ter que enfrentar seu passado misterioso e criar coragem para finalmente tentar compreender por que foi abandonada pela mãe na estrada Jellicoe quando era criança...
Machado, Ana Maria Salamandra, 80 pgs. Um livro de extraordinária beleza, contando a história de uma menina que, no convívio imaginário com sua bisavó e sua bisneta, aprende a conviver consigo mesma. Três tempos e três vivências que se cruzam e se completam numa só pessoa, a menina Isabel . O diálogo de Isabel - ou melhor, de Bel - com sua avó - Bisa Bia - e, depois, com sua futura bisneta é uma mistura encantadora do real e do imaginário, levando o leitor a perceber as mudanças no papel da mulher na sociedade.
Furnari, Eva Moderna, 56 pgs. Esta é a história do Felpo, um coelho poeta um pouco neurótico. Um dia, ele recebeu a carta de uma fã que discordava dos seus poemas, a Charlô. Ele ficou muito indignado e isso deu início a uma troca de correspondências entre eles. O livro conta essa história de maneira divertida, usando os mais variados tipos de texto, como poema, fábula, carta, manual, receita e até autobiografia, permitindo, assim que o leitor entre em contato com as diversas funções da escrita.
Gribel, Christiane Salamandra - 55 pgs. Entrei numa roubada..."Quem mandou ficar pensando na morte da bezerra?" "Ah! Vai pentear macaco!" Quer entender essa conversa maluca? Então esse livro vai ser uma mão na roda!
Donaldson, Julia & Scheffler, Axel Brinque-Book, 36 pgs. O Grúfalo disse ao filhinho que não devia entrar na floresta sozinho. Mas numa noite de tempestade o filho do Grúfalo desobedece as ordens de seus pai e sai, pé ante pé, no meio da neve. Afinal, o rato mau não existe de verdade, não é?
Taylor, S. Salamandra - 24.5x28 cm Quando o nariz de uma chinchila começa a coçar, é sinal de perigo no ar! No prédio em que a tia Íris mora, tem uma família de ursos no primeiro andar, um crocodilo no segundo e uma matilha de lobos no terceiro. Um dia, ela foi colocar o lixo para for a e NÃO VOLTOU MAIS! Uma valente e pequenina chinchila está determinada a descobrir O QUE aconteceu com a tia Íris ? e QUEM são os misteriosos novos moradores do quarto andar...
Ribeiro, Marcos Moderna, 40 pgs.
Donaldson, Julia & Scheffler, Axel Brinque-Book, 32 pgs. Usando de astúcia e imaginação, um ratinho vai criando um monstro terrível e assustador, o Grúfalo, e diverte-se espantando seus predadores. Mas qual não é o seu espanto ao ver sua imaginação personificada à sua frente. O Grúfalo, de Julia Donaldson, é uma divertida fábula sobre os poderes da nossa imaginação.
Farhat Borges, Renata Peirópolis
Pimentel Góes, Lúcia Moderna - 40 pgs. Alguém já conseguiu cortar as unhas do 'pé da mesa'? E alguém já penteou os cabelos de alguma 'cabeça de alho'? É possível jogar futebol com um 'pé de vento'? Este livro brinca com as expressões de nossa linguagem coloquial, com a nossa 'maneira de dizer' as coisas. A graça da língua portuguesa alia-se à graça da moderna literatura infantil brasileira.
Belinky, Tatiana FTD - 40 pgs. Os versos da autora mostram que não basta reconhecer que as pessoas são diferentes. É preciso respeitar as diferenças, seja no aspecto físico, no comportamento ou na personalidade. Essa diversidade está na cor da pele, na textura do cabelo, nos humores ou no temperamento, fatores que não tornam as pessoas melhores ou piores, mas diferentes, como todos os seres humanos.
Machado, Ana Maria Salamandra - 20.5x22.5 cm Uma gostosa viagem pelo país das brincadeiras, das cantigas infantis e dos contos de fadas - assim são as histórias que Ana Maria Machado reuniu nesta coleção. Escrita em rimas e cheias de ritmos, são indicadas para os pequenos leitores ouvirem e apreciarem.